quarta-feira, março 09, 2005

Educação

A educação não gera o desenvolvimento. Só a boa educação o faz. A má, aqui como em tudo, é apenas um desperdício de tempo e recursos. A principal diferença entre a boa e a má educação é o bom senso.
João César das Neves
in Diário de Notícias (2005.03.07)

4 comentários:

Miguel Sousa disse...

a boa e a má educação muitas vezes andam de mãos dadas...e não me parece que qualquer uma delas gere desenvolvimento "per si"...mas que é bom relacionar com pessoas bem educadas..lá isso é.

R.Dart disse...

Miguel, quando andam de mãos dadas, devemos liberá-la. Cada uma à sua vida. Isso se realmente apontamos para o caminho certo, senão é como diz o João César das Neves: é um desperdício de tempo e recursos.
Uma boa equipa quando joga com uma péssima, tem tendência a cair no jogo do outro e a jogar bem abaixo das suas competências. ;)

Miguel Sousa disse...

Andam de mãos dadas, porque e olharmos para a história das Correntes do pensamento Pedagógico facilmente nos apercebemos que o conflito da educação nasceu desde que houve a primeira criança para educar...e só vai morrer quando deixar de haver crianças para educar. Isto tem a ver com as crenças de todos os que socializam, sejam eles professores (e na classe há tantos que discordam dos métodos dos outros) ou sejam eles membros da comunidade.

R.Dart disse...

Claro que sim, como em toda a história do pensamento/conhecimento. É para isso, aliás, que serve a Filosofia, para pensar além dos factos da ciência.
E por vezes não se mudam as coisas porque essa mudança traria novos e maiores problemas. Infelizmente ou felizmente, é assim. Há que ter cuidado com as adesões à novidade, porque nem toda é boa.
Só podemos ir mudando as coisas individualmente e aos poucos, porque não dependemos de medidas externas, mas sim de nós. É por isso que defendo tanto o conhecimento individual, para que haja pequenos avanços.