quarta-feira, janeiro 12, 2005

Louquícias

Não posso de deixar de comentar este novo programa da RTP Açores.
Sou a primeira a dizer que deve haver iniciativas. Não sou daquelas pessoas que dizem que não há nada e que quando as há, só sabe é criticar, mas este é um caso diferente. De facto o programa é um horror, é medonho demais para que hajam palavras que o definam.
Há tempos, um amigo meu que participa no programa, contou-me que o programa iria para o ar - fiquei maravilhada, achei imensa piada à coisa, na verdade, muita falta nos fazia quem tivesse um humor sarcástico, caricaturial e neutro que soubesse colocar os políticos no seu lugar, baixar-lhes a crista para que entendessem os ridículos a que se prestam por vezes. Pensei mesmo que fosse resultar.
Quando vejo o horror que saiu do projecto até fiquei nervosa. Nem os "macacos" são apelativos! Dos diálogos nem falo. Além de fracos de espírito e banais mesmo, não se entendem. Será que esta gente não entende que as "private jokes" dum grupo de jornalistas não se estendem ao grande público? Será que não entendem que nem todos acham piada aos disparates deles? E anda assim a nossa sociedade.
Tenho sinceramente vergonha que alguém de fora veja este programa, bela imagem que vão levar da nossa televisão. E depois queixam-se das audiências. Pudera...
O nosso maior problema, cá nos Açores, é a falta de mérito e de préstimo para se fazer algo bem feito.
Como dizia alguém ontem (sobre a nossa política) no Choque de Gerações "as expectativas são tão baixas que quando se faz alguma coisa, faz-se para contentar o povo" - subscrevo na íntegra e estendo à TV.
Pois meus amigos, uma novidade: Não basta sermos os melhores, temos que ser bons! (E melhores neste caso, não se aplica).
Bolas, mais valia que tivessem estado quietinhos!
Pelo contrário, este novo programa, o Choque de Gerações, está a ser uma boa tentativa de mostrar aos Açorianos, que existe quem se preocupe com as coisas. Nos primeiros programas estava um pouco céptica, confesso. Pareceu-me haver umas lacunas que se não fossem corrigidas, caíriamos em só mais um programa novo, com alguma novidade mas contudo sem grande qualidade.
Dou os meus parabéns ao Joel, o moderador, que se corrigiu na perfeição. Está mais sereno, modera melhor, tem excelentes convidados e assuntos pertinentes. Agora já tenho pena que seja um programa curto, mais uma meia hora e os assuntos seriam discutidos de uma forma mais profunda.
Fazia-nos falta um programa do género, aliás, diria até que um projecto a roçar os Prós e Contras seria viável cá para a nossa realidade. Sobre generalidades somos dos melhores... é que nós, os Açorianos, temos a mania que sabemos um bocadinho de tudo, mas por vezes para se chegar a consenso sobre assuntos sérios, bloqueamos. E quando nos aparece alguém que realmente sabe fundamentar, não reconhecemos legitimidade.
Se queremos chegar a uma maturidade de raciocínio, temos que ser mais humildes na aprendizagem, aprender com quem sabe e não ficar pelo superficial que acaba sempre por ser detectado entremeio de conversas.

7 comentários:

Vítor Leal Barros disse...

gostava de poder saber do que estás a falar, mas como continental saloio que sou, não tenho acesso a essa grelha de programas... quando for aos açores contas-me tudo, ok?

bjkas ;)

Vítor Leal Barros disse...

gostava de poder saber do que estás a falar, mas como continental saloio que sou, não tenho acesso a essa grelha de programas... quando for aos açores contas-me tudo, ok?

bjkas ;)

Nuno Barata disse...

Quanto ao Choque de Gerações , não vou alimentar polémica por estar por dentro do programa.
No que concerne ao louquicias, achos os bonecos razoáveis mas os textos são muito fracos. Muito fracos mesmo.

R.Dart disse...

N.B., eu bem sei que participa no programa, também o vejo. Gosto do programa e gosto das pessoas, até porque conheço minimamente as capacidades dos intervenientes, pois a maior parte são jornalistas que trabalham com uma amiga do Gado Bravo em LX.
Quanto ao Louquícias... só espero que elevem o nível, para não darem mais um mau exemplo ao grande público. Ainda há muita gente que não sabe distinguir a mão esquerda da direita e que bebe tudo o que a comunicação social vomita. Só a boa intenção, neste caso, não resulta nem é legítima.

gmarinho disse...

Vou ser franco! o Louquícias é mau, mto mau mesmo!
Os rapazes que se fiquem pelo site que é um excelente trabalho...

Gado Bravo disse...

Pois, as coisas tem nomes ;)
E qual é o site deles já agora? Não conheço...

Léranja disse...

Aqui tens o site www.acores.net .