sexta-feira, janeiro 21, 2005

Imbecilidade

Apetece-me essencialmente criticar. Não que tenha a pretensão de que saiba fazê-lo melhor e de que ao criticar não caia no que critico, mas tenho já pelo menos consciência disso, o que já não é mau. Não é mau e é o grande primeiro passo para não se cair na imbecilidade rotineira.
O nível de exigência que as pessoas têm consigo mesmas é lamentavelmente vergonhoso, estão todos mais preocupados em mostrar e provar a outros o que parece que sabem (e diga-se que não é nada difícil) do que propriamente preocupados em Saber e prová-lo a si mesmos.
Depois caímos nisto da cultura da doxa. Ninguém sabe muito, mas tem sempre opinião. É fantástico. É um desfile de vaidades quando o rei vai nu.

5 comentários:

Anónimo disse...

Antes de mais, obrigado pela tua visita ao meu cantinho...
Gostei muito do teu blog, e acima de tudo desta tua observação em jeito de crítica. No fundo, é mesmo isso, uma grande e enorme critica que talvez tardia e por poucos lida, o que é pena. Talvez a maior verdade seja a simplicidade com que falta admitir determinadas coisas, a imagem a transparecer hoje em dia é quase tudo, senão mesmo tudo... Adorei!!!
Paulo
http://goulartpaulo.blogs.sapo.pt

Léranja disse...

Oi :P
Esta é a minha primeia vez. Entrei de forma natural e senti-me super bem, dentro dele. Estás de Parabéns tens aqui um belo trabalho elaborado. A Simplicidade e organização na comunicação e seu conteudo diferencia este magnifico blog. Muito Parabéns

Vítor Leal Barros disse...

também tu andas desiludida? como te compreendo.... talvez mais tarde ou mais cedo me canse disto completamente...
até breve

Açoreana disse...

Como eu te compreendo amiga... Também vejo muito disso...

Ah como esta é a 1ª vez que comento, devo dizer-te que adorei este blog... Muito fixe!

R.Dart disse...

Obrigado pelos vossos comentários amigos. Abraço.